Dicas para conseguir o visto permanente para os Estados Unidos


Veja maneiras de obter residência no país norte americano

Conseguir o visto de permanência nos EUA, ou Green Card, como também é conhecido, é o sonho de muita gente. Afinal, poder ir e vir dos Estados Unidos a qualquer momento, sem ter que se preocupar com validade do visto ou tempo máximo de permanência, é um excelente negócio. Principalmente para quem costuma visitar a cidade com frequência.

Contudo, conseguir o direito de residência permanente nos Estados Unidos não é tão simples assim. Como em qualquer outro país, esse direito é limitado a um grupo restrito de pessoas e, para isso, é necessário se enquadrar dentro de alguns requisitos.

Descubra, neste artigo, quais os caminhos possíveis àqueles que desejam adquirir o Green Card. E, ainda, leia até o final para descobrir se é ou não necessário ter o visto de permanência para adquirir um imóvel nos EUA.

Quais as principais formas de se conseguir o Green Card?

Antes de mais nada é preciso esclarecer que a melhor forma de conseguir orientação e passos detalhados sobre formas de obtenção da residência permanente norte americana é consultando o consulado americano mais próximo ou um profissional especialista no assunto.

No entanto, existem regras simples que esclarecem, de forma geral, o funcionamento de determinados vistos de residência, e é isso que abordaremos neste artigo.

A seguir estão listadas as maneiras mais práticas de se obter o Green Card. Veja:

1. Ter parentesco com cidadão americano

A primeira forma de conseguir um Green Card é por meio do parentesco. Familiares de cidadãos americanos têm direito ao visto de permanência nos EUA desde que sejam parentes de primeiro grau de ao menos um único cidadão americano. Veja quais os parentescos que estão incluídos nessa regra:

  • Filhos solteiros com menos de 21 anos;
  • Filhos solteiros com 21 anos ou mais. Caso eles tenham filhos, a(s) criança(s) pode(m) ser incluída(s) na petição;
  • Filhos casados de qualquer idade. Neste caso, tanto o cônjuge (esposa/marido) quanto o(s) filho(s) do casal pode(m) ser incluído(s) na petição.
  • Cônjuges (esposas/maridos);
  • Pais (desde que o cidadão americano tenha 21 anos ou mais); e irmãos (desde que o cidadão americano tenha 21 anos ou mais).

Nessa hipótese, é o próprio cidadão americano que ficará responsável pela solicitação do visto de permanência aos seus familiares, como se fosse o “patrocinador” do visto.

2. Casar-se com cidadão americano

A segunda forma de obter o seu Green Card é por meio do casamento com um norte americano.

Nesse caso, após a cerimônia (que pode ser somente civil ou civil e religiosa) de casamento e o recebimento da Certidão de Casamento, o cônjuge americano deverá preencher uma petição declarando que, a partir do casamento, há o desejo de que o status do cônjuge estrangeiro seja alterado para residente permanente, a fim de que nenhuma burocracia, como a expiração do visto temporário, possa interferir na união.

Vista panorâmica da cidade de Nova York

3. Conseguir um emprego nos Estados Unidos

Conseguir um emprego também é uma maneira de se obter o visto de permanência nos EUA. No entanto, é preciso fazer uma breve distinção sobre os principais tipos de visto de trabalho existentes. Veja:

  • H-1B é o visto mais comum, muito concedido a estrangeiros;
  • L-1A visto específico para funcionários com cargos de gerência ou executivos em situação de transferência. Para que haja a concessão desse visto, faz-se necessária a comprovação de que o estrangeiro tenha subordinados;
  • L-1B este outro visto é concedido também em casos de transferência, mas ao contrário do L-1B, o funcionário não precisa ser gerente, basta ser especialista em uma área específica;

Para que o visto de trabalho seja concedido pelo governo americano, é necessário que o empregador faça a solicitação e prove que não há nenhum funcionário americano com a mesma qualificação profissional do estrangeiro.

Para transformar o visto de trabalho pelo Green Card, o empregador também deverá fazer parte do processo, informando ao governo que, de fato, a mão de obra não tem condições de ser substituída.

Veja também: Como tirar seu visto para Orlando

4. Ganhar na loteria

Calma, ninguém está falando que para conseguir um visto de permanência nos EUA você precisa se tornar o mais novo milionário do pedaço. Essa loteria nos EUA é diferente e o prêmio é o próprio Green Card.

Para concorrer, basta se cadastrar em um site exclusivo dessa loteria e aguardar que a sorte faça todo o trabalho. A má notícia é que brasileiros não podem participar. Os povo do país verde e amarelo foi excluído da lista, pois, o número de conterrâneos que já vivem no país norte americano é grande o suficiente.

5. Investir nos Estados Unidos

Quem possui US$500 mil para investir também pode obter o Green Card por meio do visto EB-5. Veja quais são os requisitos necessários para ser elegível ao direito:

  • Investir, no mínimo, US$ 500.000 nos Estados Unidos;
  • Criar, no mínimo, 10 empregos formais em período integral nos Estados Unidos por um período de dois anos;
  • Ter, no mínimo, 21 anos de idade completos;

Depois de preencher todos os requisitos, basta dar início ao processo de aquisição do visto. Aqui no blog há um artigo completo sobre o Visto de Investidor EB-5.

Qual o primeiro passo para obter um Green Card?

Se depois de ler as formas mais conhecidas de obter o visto de permanência nos EUA você acha que se enquadra em uma delas, o próximo passo é dar início ao processo de obtenção do visto. Para isso, entre em contato com especialistas no assunto, seja um advogado, uma assessoria ou o próprio Consulado Americano.

É importante contar com quem entende do assunto para que o processo não seja mais demorado ou caro do que deveria.

É preciso ter visto de permanência para adquirir uma casa nos EUA?

Muita gente acredita que sem o visto de permanência nos EUA não é possível adquirir um imóvel nos Estados Unidos, o que é um grande equívoco. O número de brasileiros proprietários de casas no sul da Flórida, por exemplo, não para de crescer. E para conseguir dar esse passo tão importante, tudo o que eles precisam é de um visto simples de turismo (o famoso B1/B2).

Converse com um dos corretores Authentic especializados no mercado imobiliário da Flórida e descubra como comprar casa em Orlando ou como começar a investir no mercado imobiliário da cidade.