WhatsApp
Loading

FALE COM NOSSO CORRETOR

PREFERÊNCIA DE CONTATO:

SOLICITE NOSSA LIGAÇÃO

PREFERÊNCIA DE CONTATO:

Mensagem enviada

Sua mensagem foi enviada com sucesso.

Você terminou!

Obrigado por preencher nosso formulário de feedback de pesquisa de compradores, alguém da nossa equipe entrará em contato com você em breve. Estamos ansiosos para ajudá-lo.

Bem-vindo a Authentic!

Obrigado por se escrever a nossa Newsletter.

Download completo!

Por favor, verifique seu e-mail para baixar nosso e-book.

Mensagem não enviada

Não foi possível enviar sua mensagem.

Servicios en español

Ofrecemos servicios en español. Contáctenos!
Sponsor, o que é e como conseguir um Sponsor para os EUA
Sponsor, o que é e como conseguir um Sponsor para os EUA

Para você que ainda tem dúvidas ou não está familiarizado com o tema, sponsor é o nome dado ao empregador responsável por um estrangeiro nos EUA. Ou seja, se você tem dúvidas ou curiosidades sobre como trabalhar nos Estados Unidos, este texto é para você!

Qualquer empregador norte-americano pode se tornar um sponsor para brasileiros ou pessoas de qualquer nacionalidade. Basta ele dar entrada em uma petição do tipo H1B a partir do formulário I864, e que ele tenha o Fein Number da empresa (uma espécie de CNPJ) junto ao IRS (sigla para Imposto Sobre o Rendimento das Pessoas Singulares) e esteja legalmente constituída nos EUA.
Para obter o Fein Number é necessário solicitar a aprovação do pedido de Condições de trabalho (LCA). A empresa deve enviar um certificado do Departamento do Trabalho conhecido como LCA – Labor Condition Application (Formulário ETA 9035), no momento da apresentação de sua petição.

Sendo assim, qualquer empregador também pode patrocinar um trabalhador na categoria H1B para estrangeiros, mas é importante entender que este tipo de processo tem custos para ambas as partes bem como o empregador será uma espécie de fiador, tendo que provar que pode sustentar o trabalhador com o salário e sua família. Ou seja, não é qualquer pessoa que aceita esse tipo de responsabilidade. A pessoa contratada precisa ser responsável e passar segurança.

O valor mínimo para fiador é determinado anualmente pelo departamento de saúde e serviços humanos, HS. O número de pessoas declarados no imposto de renda também é colocado no papel na hora da conta (você aqui deve mandar uma cópia dos IR dos três últimos anos). Uma família com 4 pessoas tem que declarar uma média de 30 mil dólares ao ano.

São várias etapas que precisam de comprovações das mais variadas espécies que vão desde constatações de ilegalidade no processo, a empresa pode responder, civil e criminal, perante os órgãos competentes até requisitos bancários.

A empresa também deve apresentar provas efetivas do grau de educação do empregado no momento da apresentação do pedido. No caso do beneficiário ainda não estar formado o trâmite é um pouco mais complicado. É necessário enviar uma carta escrita pela secretaria da universidade confirmando que todos os requisitos de obtenção do diploma foram cumpridos e que o beneficiário estaria aguardando, apenas, fases burocráticas, como por exemplo a colação de grau.

Entre as profissionais mais selecionadas para garantir esse tipo de documentação estão: Profissionais de TI ou informática, professores, engenheiros, contadores, arquitetos, enfermeiros, médicos, dentistas, psicólogos e jornalistas (atenção – essa profissão requer um outro tipo de visto específico para profissionais da área de imprensa!).

Com toda a papelada em ordem, o visto H1B é inicialmente concedido por um período de três anos, mas pode ser prorrogado por no máximo de seis anos, desde que a empresa comprove a necessidade de tal funcionário e suas demandas.

Vale a pena ressaltar que H1B é um visto de não-imigrante, logo, parte-se do pressuposto que ele tem um tempo pré-determinado em lei, como citado acima e que após esse prazo máximo, o trabalhador retorne pro seu país de origem. É bom ter em mente que este não é um visto de imigrante, ou seja, a pessoa aqui tem data para deixar o país não garantindo a sua permanência nos Estados Unidos. Mas toda a regra tem sua exceção. Dependendo de como for a sua vivência lá, se você seguir as regras e provar ser útil para o desenvolvimento do país, você pode solicitar um
Green Card. No entanto tenha em mente que este é um processo muito demorado.

Depois que você conseguir o visto H1B poderá trazer consigo o cônjuge e filhos menores de 21 anos devidamente inscritos na categoria H4 como dependentes. Mas atenção: eles não vão poder trabalhar. Só se também conseguirem um sponsor e o visto H1B.

Portanto, antes de pedir para que uma pessoa seja seu sponsor, procure um advogado, procure se informar e comece uma conversa mostrando que é uma pessoa bem informada e responsável. Nada que o diálogo não resolva! Comprometa-se e boa sorte!

 

E se você está pensando em morar ou passar uma temporada em Orlando, confira todos os nossos imóveis à venda em Orlando. Entre em contato com a nossa equipe de corretores e solicite um orçamento.