WhatsApp
Loading

FALE COM NOSSO CORRETOR

PREFERÊNCIA DE CONTATO:

SOLICITE NOSSA LIGAÇÃO

PREFERÊNCIA DE CONTATO:

Mensagem enviada

Sua mensagem foi enviada com sucesso.

Você terminou!

Obrigado por preencher nosso formulário de feedback de pesquisa de compradores, alguém da nossa equipe entrará em contato com você em breve. Estamos ansiosos para ajudá-lo.

Bem-vindo a Authentic!

Obrigado por se escrever a nossa Newsletter.

Download completo!

Por favor, verifique seu e-mail para baixar nosso e-book.

Mensagem não enviada

Não foi possível enviar sua mensagem.

Servicios en español

Ofrecemos servicios en español. Contáctenos!
História da Disney
História da Disney

Conheça a mente por trás dos parques e das famosas animações

Quem diria que um pobre rapaz do Missouri, nos EUA, seria o criador de um império bilionário e idealizador do principal parque temático do planeta? Trata-se de Walt Disney, que na sua juventude abandonou a fazenda em que morava com a família, para ir à Europa durante a Primeira Guerra Mundial, em 1917.

Quando retornou para seu país de origem, matriculou-se em uma escola de artes e abriu uma empresa de animação com o irmão Roy. Fez um pequeno sucesso comercial com os personagens Alice e o coelho Oswald, mas ainda não tinha alcançado o estrelato.

Só conseguiu dinheiro e fama em 1928, com a criação do icônico Mickey Mouse. A ideia era fazer o camundongo rivalizar diretamente com o Gato Felix, que na época era o principal sucesso animado nos EUA.

O famoso ratinho não só superou a fama de seu concorrente, como virou uma febre mercadológica, mesmo naqueles dias. Com o dinheiro em caixa, os irmãos Disney investiram pesado em novas tecnologias de animação, até a consagração em 1932, com o primeiro dos 22 Oscars que Walt levaria para casa.

Além de ser o detentor de recordes, que vigoram até hoje na indústria cinematográfica, Disney foi o responsável pelo primeiro longa-metragem de animação colorido. “A Branca de Neve e os Sete Anões” consolidou ainda mais seu nome no alto escalão hollywoodiano, criando a tendência de lançar anualmente um desenho animado baseado em contos de fadas e histórias infantis.

Após muitos sucessos e Oscars, Walt decidiu materializar seu mundo de magia em 1955, com a criação da Disneyland, em Anaheim, Califórnia. Apesar de ter sido uma das principais atrações turísticas nas imediações de Los Angeles, o visionário criador do Mickey queria mais.

No começo da década de 60 vislumbrou o “Protótipo Experimental da Comunidade do Amanhã”, conceito que envolvia grandes corporações em busca de uma cidade futurística, que seria referência em qualidade de vida e remanejamento urbano.

Paralelo ao ambicioso projeto de Disney, estava a construção de um segundo parque temático, que, diferente da Disneyland, podia se estender de acordo com suas necessidades. Sobrevoando a isolada e pacata Orlando, na Flórida, Walt se impressionou com a malha rodoviária que permeava a cidade e decidiu comprar todas as terras que fosse possível.

Como o vasto terreno de Orlando era pantanoso e, portanto, infértil, muitos proprietários de terra vendiam seus lotes à preços módicos. Walt Disney comprou 11.106 hectares que na década seguinte passaria a abrigar o parque temático mais visitado do mundo.

Contudo, o projeto envolvendo a Comunidade do Amanhã foi abandonado após a morte de seu idealizador, em 1966. O irmão Roy deu sequência para a construção do parque que foi inaugurado em 1971.

Em 2016 os parques da Disney continuam sendo os mais visitados de todo o planeta. Só o Magic Kingdom, principal parque do complexo, registrou 20 milhões de turistas em 2015.

A escolha de Orlando para sediar o grande sonho de Walt não só beneficiou os estúdios do Mickey, como também tornou a região em um dos polos econômicos mais vigorosos do estado da Flórida, e de todo o país.

A injeção de dinheiro, por parte da Disney no pequeno município, trouxe investidores de todo os EUA. A Universal, o SeaWorld e tantos outros parques se instalaram posteriormente na cidade, transformando Orlando em um dos lugares mais rentáveis para o turismo americano.

A previsão é de que a Disney amplie cada vez mais seus domínios, com a criação de novos parques temáticos. Em meados de 2020 está prevista a inauguração de uma atração dedicada apenas para a saga de Star Wars, que já é considerada a maior expansão de um único tema na história de toda a Disneyworld.

 

Se interessou em conhecer ou morar em Orlando?

Aproveite para conhecer as nossas casas à venda nos Estados Unidos e imóveis à venda em Orlando!