WhatsApp
Loading

FALE COM NOSSO CORRETOR

PREFERÊNCIA DE CONTATO:

SOLICITE NOSSA LIGAÇÃO

PREFERÊNCIA DE CONTATO:

Mensagem enviada

Sua mensagem foi enviada com sucesso.

Você terminou!

Obrigado por preencher nosso formulário de feedback de pesquisa de compradores, alguém da nossa equipe entrará em contato com você em breve. Estamos ansiosos para ajudá-lo.

Bem-vindo a Authentic!

Obrigado por se escrever a nossa Newsletter.

Download completo!

Por favor, verifique seu e-mail para baixar nosso e-book.

Mensagem não enviada

Não foi possível enviar sua mensagem.

Servicios en español

Ofrecemos servicios en español. Contáctenos!
Qual é o custo de vida para morar em Orlando?
Qual é o custo de vida para morar em Orlando?

Veja a seguir o preço médio do combustível, aluguel e vários outros

O custo de vida é um fator importante a ser considerado antes de uma mudança definitiva. Por isso, se está pensando em fazer do sul da Flórida o seu novo endereço, veja aqui algumas informações sobre o custo de vida em Orlando.

Aluguel, supermercado, gasolina e até o preço de imóveis à venda, a seguir estão listados alguns pontos para lhe ajudar a fazer uma comparação entre a vida no Brasil X a vida nos EUA. Qual será que vale mais a pena? Entenda!

Moradia

Quem já pagou aluguel no Brasil sabe o quanto esse gasto pode comprometer o orçamento, especialmente em capitais. Sendo assim, considerando que Orlando é uma cidade turística e movimentada, nada mais justo do que comparar com uma região brasileira igualmente agitada, como São Paulo.

De acordo com os dados mais recentes divulgados sobre o assunto, o aluguel de um imóvel residencial na cidade de São Paulo custa, em média, R$2,2 mil por mês. Contudo, existem bairros na cidade, como Vila Nova Conceição, onde a média sobe para R$4 mil mensais.

Já na cidade de Orlando, Capital Mundial dos Parques Temáticos, o cenário é outro. Alugar uma residência mobiliada, em uma região próxima dos pontos turísticos mais frequentados, com 1 ou 2 dormitórios, custa, em média, de US$1 mil a US$1,5 mil mensais.

Para aqueles que não estão interessados em pagar aluguel, mas sim em comprar casa em Orlando, a notícia também é boa. Seja à vista ou em um financiamento de imóveis no exterior, as condições são excelentes e incluem facilidade para conseguir crédito e juros anuais de 3,45% a 8,5%.

Carro

Incluir no custo de vida em Orlando a diferença de preço da aquisição de um carro nos EUA e no Brasil é tão discrepante que chega a impressionar. Brasileiros sabem muito bem que adquirir um veículo no país não é nada barato e a dívida costuma durar vários anos. Veja a seguir a comparação entre alguns modelos de veículos:

Modelo EUA Brasil
Corolla 2018 US$18 mil Entre R$92.690 e R$117.990
Ford Fusion 2017 US$24.270 Entre R$121.500 e R$154.500
Honda Fit EXL US$21.410 R$ 80.900

 

No entanto, manter um carro é muito mais do que poder pagar por ele, certo? É preciso pagar imposto, pedágio e combustível, por exemplo. Por isso, aqui estão alguns outros custos que fazem parte da vida de quem possui um veículo:

  • IPVA: o Imposto sobre Propriedades de Veículos Automotores é cobrado anualmente e o seu custo pode variar, afinal ele corresponde a uma média de 2 a 3% do preço do carro. Ou seja, quanto mais caro o veículo, maior o valor do imposto.

Nos EUA, o imposto que corresponde ao IPVA tem uma tabela única e que não varia de acordo com o preço do carro. Proprietários de um fusca ou de uma Ferrari pagam o mesmo valor, cerca de US$36 a US$72 por ano.

  • Gasolina: outro custo que faz toda a diferença é o do combustível e no Brasil ele costuma ser salgado. Em São Paulo, por exemplo, proprietários de veículos chegam a pagar cerca de R$4,24 o litro.

Em Orlando, na Flórida, a história é outra. Depois de passar por uma redução no preço do combustível, a gasolina por lá custa em média US$2,34 o galão (1 galão equivale a pouco mais de 3 litros).

Família em carro preto

Supermercado

Quanto custa entrar no supermercado e encher o carrinho no Brasil? O supermercado é um item imprescindível na hora de calcular o custo de vida em Orlando, por isso vamos fazer uma comparação entre o país verde amarelo e o sul da Flórida.

Uma boa compra, que inclui carne, legumes, produtos de higiene, perecíveis, pães, etc não sai por menos de R$400 — considerando um casal sem filhos.

Nos Estados Unidos, mais especificamente em Orlando, a história é outra: com US$200 é possível manter uma alimentação equilibrada durante o mês. Além disso, os supermercados fazem muitas promoções e para isso distribuem cupons de desconto ou dão um produto de presente na compra de outro (BOGO — Buy One, Get One) o famoso “comprou, ganhou”.

Saúde e lazer

Sobre a saúde, é importante ressaltar alguns pontos. No Brasil, há o SUS, Sistema Único de Saúde, que oferece atendimento médico gratuito à população. Contudo, quem conhece sabe que, na prática não é bem assim. Existem casos em que o paciente pode ficar durante anos aguardando para realizar um exame médico, devido à grande fila de espera.

Nos Estados Unidos, por outro lado, atendimento médico é sempre pago, mas é de qualidade. O preço a ser pago pelo atendimento varia conforme a região do estado: em Orlando, uma consulta custa, em média, US$ 112. Em Miami, US$ 96.

Outro ponto é o lazer e isso há de sobra na Flórida. Afinal, na Capital dos Parques Temáticos não podia ser diferente. A região possui praias, parques naturais, parques temáticos, estádio de futebol, shoppings e por aí vai – opções para todos os bolsos e gostos.

Sabendo de tudo isso sobre o custo de vida em Orlando, certamente a vontade de mudar para a região só aumentou. Por isso, converse com um dos corretores do time Authentic para descobrir como dar o próximo passo na realização desse sonho ainda hoje. Talvez seja possível mudar-se para o sul da Flórida ainda este ano, já imaginou?!