WhatsApp
Loading

FALE COM NOSSO CORRETOR

PREFERÊNCIA DE CONTATO:

SOLICITE NOSSA LIGAÇÃO

PREFERÊNCIA DE CONTATO:

Mensagem enviada

Sua mensagem foi enviada com sucesso.

Você terminou!

Obrigado por preencher nosso formulário de feedback de pesquisa de compradores, alguém da nossa equipe entrará em contato com você em breve. Estamos ansiosos para ajudá-lo.

Bem-vindo a Authentic!

Obrigado por se escrever a nossa Newsletter.

Download completo!

Por favor, verifique seu e-mail para baixar nosso e-book.

Mensagem não enviada

Não foi possível enviar sua mensagem.

Servicios en español

Ofrecemos servicios en español. Contáctenos!
Trabalhar em Orlando
Trabalhar em Orlando

Quer morar e se sustentar nos EUA durante um bom tempo ou uma temporada? Vem ver se vale a pena e o que você precisa saber antes de embarcar nessa aventura!

 

Muitos jovens adotam este estilo de viagem como uma espécie de intercâmbio – que não deixa de ser pela experiência e pela troca cultural. O visto de turismo permite que você passe três meses no país e algumas empresas regulamentadas contratam estrangeiros por curtos períodos para atividades temporárias. A melhor escolha para quem quer conhecer um lugar, aprender um pouco de inglês e gastar pouco.

A opção preferida dos viajantes é sem dúvida a Disney, que oferece empregos de curta duração como atendimento, salva-vidas, governantas, motoristas de ônibus, atendentes de lojas e lanchonetes, auxiliar de limpeza, repositor de produtos; além da oportunidade de fazer parte do elenco de personagens. Imagina só ser o Pateta por um dia?! Tenha o cronograma, calendário e informações completas a partir do site do Walt Disney World .

Mas lembre-se que outros parques de diversão como a Universal também contrata estudantes neste mesmo esquema. Vale a pena também pesquisar em outros lugares voltados ao entretenimento. Já no caso de lojas e comércio, é mais complicado, pois o seu visto de turista não se aplicará para o trabalho. Por conta disso também que o programa escolhe estudantes devidamente matriculados para ter a sua estadia legalizada nos EUA.

Além de um salário gordo em tempos de crise, cerca de 1000 dólares por mês (quase 4 mil reais) você também terá entrata gratuita nos parques, descontos em comidas e produtos, e ainda: auxílio saúde e transporte.

Entre os requisitos que você precisa se encaixar para fazer parte do time mais mágico do mundo estão:

 

– ter o inglês fluente;

– ser maior de 18 anos;

– ser estudante universitário regularmente matriculado em curso presencial reconhecido pelo MEC- e cursando entre o segundo e último semestre do curso;

– estar disponível para iniciar o programa entre os meses de Novembro e Março (que são os que ele acontece);

– ter condições de pagar passagens aéreas de ida e volta, seguro médico internacional, e despesas com o visto;

– ser sociável e ter facilidade em viver com diferentes pessoas do mundo todo;

– disponibilidade (e paciência) para trabalhar de finais de semana e feriados;

 

Bom, nenhuma questão absurda, certo? Ter em mente que as despesas com acomodação e refeição também é importante. Caso a sua ideia seja ganhar dinheiro, talvez você possa se iludir um pouco, pois nem tudo o que ganha pode levar para casa. Você tem que se manter por lá. Ou seja, arcar com custos relacionados a alimentação e estadia.

Existem diversas empresas que prestam este serviço. Entre as principais, estão as agências de viagens e intercâmbio como a CI e a STB.

Mas se no seu caso você já é graduado ou não é estudante, saiba que ainda assim há oportunidades de trabalho. A Disney busca todos os anos profissionais para trabalhar em diversas áreas de suas filiais, seja localizadas nos Estados Unidos, França, Reino Unido ou China.

 

As vagas nos Estados Unidos vão desde oportunidades atividades em hotéis e parques, até posições como advogados, analistas de negócios, analista financeiro, analista de marketing, assistente executivo, designers, editores, engenheiros, especialistas em T.I., gerente de estratégias, gerentes de operações, gestor de marketing e recursos humanos. Você pode obter mais informações aqui: https://parksjobs.disneycareers.com/

 

Vagas em outros lugares (sem ser parques de diversão), principalmente entre os profissionais de tecnologia da informação e saúde, também estão disponíveis. E a partir de depoimentos de pessoas que já estão morando lá, hoje é mais fácil você conseguir um sponsor (empregador) que te auxilie para solicitar o visto de trabalho. Se quiser saber um pouco mais, confira também nossa matéria sobre os tipos de visto para viajar para Orlando.

 

Salários nos EUA

Pesquisas feitas pela Alliance For A Just Society, mostram que cerca de 65% dos empregos na Flórida têm o salário abaixo do mínimo estabelecido por lei. O salário mínimo no estado gira em torno de U$17 por hora. Entre os valores pagos mais comuns entre outras áreas, como o turismo, são US$ 10 a US$12 dólares. Mas ainda assim, se você trabalhar 8 horas diárias, por US$ 10, em um mês, dá para tirar uma média de US$ 2400. Um salário que chega a ser 4 vezes maior que o mínimo no Brasil (de acordo também com alta cotação atual).

Ou seja, se vale ou não a pena depende da sua situação atual. Em qual perfil de emprego se encaixa, nos gastos sozinho ou com a família.

E não se preocupe em sentir saudades de casa. É claro que alguns costumes vão fazer falta, mas a região abriga muitos brasileiros – bem como restaurantes e espaços para lembrar um pouco do nosso país. A prefeitura de Orlando estima que cerca de 30 mil brasileiros vivam hoje na cidade. E cerca de 770 mil visitam a cidade todos os anos. Ou seja, vai ser impossível você não ter um grupo de amigos brazuca!

 

E se estiver pensando em morar ou comprar casa em Orlando, entre em contato com os profissionais da Authentic Real Estate e saiba mais informações sobre nossas casas à venda em Orlando.