Saiba mais sobre a economia dos Estados Unidos e veja dicas para manter-se lá


Confira índices importantes como o PIB, recorde de empregos e qualidade de vida.

 

Está pensando em passar um período nos Estados Unidos ou mudar definitivamente para o país? Então uma das coisas que você precisa saber é como anda a atual situação da economia americana.

Neste artigo serão abordados pontos como o mercado de trabalho, as notícias mais recentes sobre o PIB do país, qualidade de vida e também o setor imobiliário. Portanto, se você quer saber tudo sobre a economia dos Estados Unidos e, ainda, como adquirir um imóvel por lá, continue lendo.

Prosperidade no mercado de trabalho

Quem acompanha o noticiário deve ter percebido que durante o ano passado as coisas não estavam tão bem nos Estados Unidos. O período entre janeiro de 2017 a outubro de 2018 foi marcado por uma “recessão”, de acordo com dados do Departamento do Trabalho.

No entanto, recentemente, o cenário mudou de figura. No dia 05/04/19, uma postagem na rede social Twitter, publicada pelo perfil oficial da Casa Branca – residência oficial do Presidente dos Estados Unidos –, anunciou a criação de 196 mil novos cargos no mercado de trabalho só em março, um recorde.

Esse número foi alcançado após algumas medidas tomadas pelo governo Trump, dentre elas, a mais significativa de todas, a reforma tributária que reduziu impostos das empresas 35% para 21%, o maior corte de dos últimos 30 anos.

Após a impressionante notícia, que comprova o avanço iminente na economia americana, unido ao enfraquecimento da indústria da Alemanha, o dólar voltou a ganhar destaque diante das outras moedas.

Crescimento do PIB acima das expectativas

Sabe-se que o período entre janeiro de 2017 a outubro de 2018 não foi muito bom no mercado de trabalho dos Estados Unidos. No entanto, todos acabaram surpreendidos pelo crescimento de 3,5% no terceiro trimestre de 2018, mesmo em um cenário não muito promissor.

Mais uma vez, uma das medidas responsáveis por manter o otimismo na economia foi o corte de US$1,5 trilhão em tributos. Afinal, a queda nos impostos acelerou o consumo e deu um gás na economia dos Estados Unidos.

Qualidade de vida dos Estados Unidos

Uma mulher, uma criança e um homem à beira da praia, em um dia ensolarado, molhando os pés na água

O OCDE Better Life Index reúne dados sobre Moradia, Renda, Empregos, Comunidade, Escolaridade, Meio Ambiente, Saúde e vários outros com o propósito de mensurar a qualidade de vida em diferentes nações. Confira alguns dos índices dos Estados Unidos:

Moradia

Os dados da OCDE revelam que nos Estados Unidos, cerca de 19% de toda a renda bruta das famílias é destinada para manutenção da casa em que vive. O que é bom, pois está abaixo da média da OCDE de 20%.

Escolaridade

Sobre escolaridade, existem dois números importantes. Cerca de 90% dos adultos com idade entre 25 e 64 anos concluíram o High School (ensino médio) nos Estados Unidos. A média mundial registrada na OCDE é de 74%.

Outro dado diz respeito sobre a qualidade da educação. O Programa da OCDE de Avaliação Internacional do Aluno (PISA) elenca a avaliação de habilidades de estudantes em leitura, matemática, e ciências. Nos Estados Unidos, a média foi 488, acima da média geral da OCDE, equivalente a 486.

Renda

Último ponto listado aqui é sobre a renda líquida per capita, que nos Estados Unidos tem média de US$ 44.049,00 por ano. Para se ter ideia, a média em nível mundial é de US$ 30.568,00.

Otimismo no setor imobiliário

Adquirir imóveis nos Estados Unidos é uma excelente aposta e a seguir você confere os principais motivos:

 

  • Financiamento desburocratizado

 

Quem já encarou um financiamento imobiliário no Brasil sabe o quanto esse processo pode ser demorado e burocrático. Além de cópias infinitas de documentos, autenticação de cartório e idas ao banco, a resposta da aprovação (ou não) pode levar até 3 meses!

É por isso que muitos Brasileiros, proprietários de imóveis nos Estados Unidos, afirmam com tranquilidade que financiar um imóvel no exterior é mais fácil e dá menos trabalho. Afinal, muitas vezes não é preciso sequer ir ao banco pessoalmente, pois tudo pode ser feito online, por meio de assinaturas digitais.

 

  • Metade dos juros cobrados no Brasil

 

Não, você não leu errado. Dependendo do valor da entrada, tipo do imóvel e perfil do cliente, os juros de financiamento imobiliário nos Estados Unidos podem variar de 3,5% a 8,5% ao ano. Enquanto no Brasil, facilmente as taxas chegam a ultrapassar 10% a.a.

 

  • Investimento de alta liquidez

 

Caso a intenção seja comprar um imóvel para investimento – revenda, aluguel para temporada – é possível fazer um grande negócio.

 

O número de brasileiros que encontra na Flórida, mais especificamente em Orlando, uma oportunidade de lucrar com o forte turismo e com a economia dos Estados Unidos como um todo não para de crescer. O povo tupiniquim lidera o ranking de estrangeiros investidores do setor imobiliário.

imagem de um dos castelos da Disney, em orlando em um dia ensolarado

 

Orlando recebe cerca de 60 milhões de turistas anualmente, e o aluguel de casa para temporada é uma tendência de hospedagem em crescimento. Por isso, investidores que compram casa por lá, garantem uma moradia para quando estiverem na cidade e uma fonte de renda durante todo o resto do ano.

Agora que você já sabe dados importantes sobre a economia dos Estados Unidos, que tal comprar a sua casa por lá e diversificar os seus investimentos? Converse com um dos corretores da Authentic e saiba por onde começar! É possível encontrar casas em Orlando com excelente condições!