WhatsApp
Loading

FALE COM NOSSO CORRETOR

PREFERÊNCIA DE CONTATO:

SOLICITE NOSSA LIGAÇÃO

PREFERÊNCIA DE CONTATO:

Mensagem enviada

Sua mensagem foi enviada com sucesso.

Você terminou!

Obrigado por preencher nosso formulário de feedback de pesquisa de compradores, alguém da nossa equipe entrará em contato com você em breve. Estamos ansiosos para ajudá-lo.

Bem-vindo a Authentic!

Obrigado por se escrever a nossa Newsletter.

Download completo!

Por favor, verifique seu e-mail para baixar nosso e-book.

Mensagem não enviada

Não foi possível enviar sua mensagem.

Servicios en español

Ofrecemos servicios en español. Contáctenos!

Como se Legalizar nos EUA

 

Tire suas dúvidas e saiba Como se Legalizar nos EUA

O Estado da Flórida, nos Estados Unidos é um lugar onde muitos buscam estabelecer residência por vários motivos. Sendo um lugar bonito, seguro, cheio de atrações, possuindo praias exuberantes, clima semi tropical, e com menos corrupção do que no Brasil, a Flórida é destino sem volta para muitos brasileiros. Por esses motivos, muitos procuram formas de legalização no país.  Aqui segue um guia de como se  legalizar nos EUA:

 

1). Posso me legalizar nos EUA se comprar um Imóvel?

Não. Há vários outros meios de se legalizar nos Estados Unidos, porém a compra de um imóvel não dá direito ao green card nem a permanência legal no país. A compra de imóveis é aberta para estrangeiros com objetivo de investimento ou com o intuito de possuir uma casa de férias.

 

2). Quais são as formas de legalização nos Estados Unidos através de Investimentos e negócios?

 
Negócio
 

EB5 – O programa de investimento EB5 é uma das formas mais comuns de Investidores brasileiros em Orlando e outros estados da Flórida se legalizarem no país. Neste programa o estrangeiro tem a opção de investir em um projeto tradicional ou investimento através de um centro regional. O projeto tradicional é quando o investidor cria um novo negócio investindo U$1,000,000 e criando no mínimo 10 empregos para cidadãos americanos. Investimentos através de centros regionais funciona quando o estrangeiro investe no mínimo U$500,000 em um projeto de um centro regional e criar 10 empregos para cidadãos americanos diretamente ou indiretamente. Depois de 2 anos possuindo o EB5, o estrangeiro tem o direito de aplicar para o green card.

E2 – O programa de investimento E2 é aberto somente para cidadãos de alguns países da Europa, Paraguai, Argentina, Austrália e outros. Este programa exige que os estrangeiros invistam em negócios que envolvem risco, sem um valor mínimo estipulado. Mesmo o E2 não exigindo um valor mínimo, a imigração americana requer que o investimento seja um valor considerável para começar um empreendimento. Há casos de pessoas que investem poucas quantias como U$80,000. O E2 não da direito a green card, somente permanência legal no país desde que seu negócio continue funcionando.

L1 – O visto de L1 é voltado para gerentes e executivos de empresas brasileiras, para profissionais especializados ou para intuito de pesquisas. Neste programa, a empresa brasileira abre uma filial nos Estados Unidos tornando os empregados brasileiros legais no país. No L1, a imigração americana exige que a empresa sede no Brasil supervisione e esteja acima da filial aberta nos Estados Unidos. Com o L1, executivos e funcionários qualificados podem aplicar para o green card a partir de 3 anos trabalhando na empresa.

F1 – O F1, mais conhecido como o visto de estudante também proporciona formas de legalizações no país. Um estudante cursando um bacharelado no país abre uma empresa na área do seu curso e contrata a si mesmo como funcionário. Este estudante, funcionário de seu propilo negócio pode aplicar para o green card após a conclusão de seu bacharelado, e depois de 3 anos empregado na empresa. O F1 também pode proporcionar legalização a estudantes que concluem um bacharelado e encontra uma empresa sponsor no país, que prove para a imigração americana que sua mão de obra é necessária na empresa.

 

3). Existem outras formas mais fáceis de se legalizar nos EUA?

 
casamento-noivos-altar
 

Sim. O casamento é considerado uma das formas mais fáceis para se legalizar no país. O brasileiro/a que viaja muito para os Estados Unidos pode facilmente se apaixonar por um americano/a ou até mesmo por um brasileiro/a naturalizado no país. Neste caso o imigrante aplica para o green card imediatamente após o casamento e dentre mais ou menos 6 meses já possui residência legal no país.

No caso de interesse de se aventurar em uma destas formas de legalização é sempre recomendável procurar um advogado para a instrução e acompanhamento correto do processo. Entre em contato com a nossa imobiliária em Orlando para indicação de bons advogados de imigração.

Entre em contato conosco

PREFERÊNCIA DE CONTATO: