WhatsApp
Loading

FALE COM NOSSO CORRETOR

PREFERÊNCIA DE CONTATO:

SOLICITE NOSSA LIGAÇÃO

PREFERÊNCIA DE CONTATO:

Mensagem enviada

Sua mensagem foi enviada com sucesso.

Você terminou!

Obrigado por preencher nosso formulário de feedback de pesquisa de compradores, alguém da nossa equipe entrará em contato com você em breve. Estamos ansiosos para ajudá-lo.

Bem-vindo a Authentic!

Obrigado por se escrever a nossa Newsletter.

Download completo!

Por favor, verifique seu e-mail para baixar nosso e-book.

Mensagem não enviada

Não foi possível enviar sua mensagem.

Servicios en español

Ofrecemos servicios en español. Contáctenos!
Custo de vida em Orlando
Custo de vida em Orlando

É mais barato morar em Orlando ou no Brasil?

Saiba quais são as vantagens de cada lugar

Talvez essa seja uma das dúvidas mais frequentes para quem deseja morar em Orlando. Afinal, o custo de vida na cidade é mais vantajoso que do Brasil? Na verdade, tudo depende. Se a origem do brasileiro for alguma capital como São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, entre outras, realmente o custo de vista pode ser menor.

Tomamos como exemplo um casal de paulistanos e o filho pequeno que foram morar em Orlando. O custo de vida em São Paulo certamente é o maior de todo o país. Se um dos membros da família tiver adquirido um Social Security Number (SSN) nos EUA, o equivalente a um CPF, a vida no país será simplificada. Para conseguir o documento é necessário que o imigrante tenha pelo menos o visto de trabalho regularizado. Caso contrário, a vida em Orlando sai mais cara e menos cômoda

Com o SSN em mãos, o pai e a mãe da criança têm condições de provar a renda, podendo se beneficiar na hora de fechar determinados negócios. Para alugar um imóvel, por exemplo, o inquilino precisará provar uma renda três vezes superior ao valor mensal do aluguel. Para comprar um carro, o comprador poderá parcelar o valor. Na hora de fazer a instalação de luz, a companhia elétrica vai cobrar menos, e assim por diante.

Tendo isso em vista, confira o efeito comparativo de alguns valores entre Orlando e São Paulo. Como o morador vai trabalhar nos EUA e receber em dólares, não leve em consideração a conversão entre a moeda americana e a brasileira.

Aluguel de casa

Uma casa mobiliada de 1 a 2 dormitórios, perto das atrações da Disney, sai entre U$1.000 e U$1.400. Um imóvel com o mesmo número de quartos na periferia de São Paulo sai entre R$1.200 a R$4.000.

Carro

Os preços de automóveis no Brasil são estratosféricos. Portanto a comparação entre os dois países é quase que ingrata. Um Hyundai Santa Fé, modelo 2010, sai por U$13mil em uma concessionária do tipo “Buy Here, Pay Here”. No Brasil o mesmo veículo não sai por menos de R$50 mil.

Contas de água, luz, internet e telefone

Existem duas formas para o pagamento das contas. A primeira é o “fee” que em tradução literal significa “taxa”. Nela o consumidor paga pelo serviço utilizado. O segundo é o “deposit”, no caso de instalações ou serviços adicionais. Não dá para precisar se os valores se diferem com o Brasil. Depende do consumo de água e luz do morador do imóvel.

Já a internet é melhor e mais barata que a brasileira. A velocidade pode chegar a 35MB e o valor dificilmente vai ultrapassar U$60. Os serviços de celular também estão em conta, graças a concorrência acirrada entre as 5 empresas de telefonia móvel do país. Cada uma possui pacotes e descontos diferenciados como internet e ligações ilimitadas bem mais vantajosos que os oferecidos no Brasil.

Mercado

No Walmart americano é possível encher um carrinho de produtos básicos com U$150. Refrigerantes, salgados, congelados, grãos, enlatados, além de produtos de higiene e de banho são muito mais em conta que no Brasil. Em compensação o preço de orgânicos como frutas, legumes e vegetais em geral, são tão caros quanto por aqui.

Para se ter uma ideia, um engradado com 24 latas de Coca-Cola não sai por mais de U$6. No Brasil não precisa nem falar que o mesmo engradado não sairia por menos de R$30.

Saúde

Nenhuma empresa nos EUA é obrigada a pagar convênio médico para seus funcionários. Portanto, se aquele casal de brasileiros não tiverem o aporte do serviço de saúde oferecido pela empresa, o recomendado é fazer a busca independente. Contudo, ter um seguro médico nos EUA não significa estar assegurado em qualquer caso de doença. Para isso, uma verdadeira fortuna precisa ser desembolsada todos meses.

 

Para ter mais informações sobre a vida nos EUA, ou como comprar um imóvel em Orlando, entre em contato com a Authentic Real Estate. A empresa dará todo o suporte necessário na hora de comprar uma casa na cidade.